População de Posse-GO participa ativamente de evento sobre doença de Chagas


No Ginásio de Esportes Leônidas Augusto Figueiredo, exposição Expresso 21 movimentou o município de Posse

A exposição educativa Expresso Chagas 21, realizada em Posse, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), e da Prefeitura de Posse, movimentou o município, com a participação maciça de grande parte da população nas atividades interativas e preventivas. 
Conforme os dados levantados pela Fiocruz e pela SES-GO, 935 pessoas compareceram ao evento, realizado de 3 a 5 de novembro, no Ginásio de Esportes Leônidas Augusto Figueiredo. 

Do total de participantes, 238 eram estudantes do ensino fundamental e médio. Os 697 restantes integraram o projeto de busca ativa de casos e participação deles foi registrada em fichas de inscrição e para testagem para doença de Chagas. Eles participaram de oficinas e atividades de ciência e arte sobre os desafios da doença de Chagas no século 21, que tiveram como temas a visibilidade, notificação, diagnóstico, tratamento, educação e qualidade de vida. 

A responsável técnica pelo Programa Estadual de Doença de Chagas da SES-GO, Liliane da Rocha Siriano, destaca que os testes para detecção da doença de Chagas realizados durante o evento condizem com os levantamentos já efetivados pela SES-GO. O município de Posse tem elevado índice de casos da doença, o que demanda a realização de ações educativas e preventivas e assistenciais por parte das instituições de saúde. 

E das 697 pessoas que integraram o projeto de busca ativa de casos de doença de Chagas, 563 (80%) solicitaram a realização de teste rápido para diagnóstico da enfermidade aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para realização de pesquisas. Do total de testes realizados, 304 (54%) foram não reagentes e 259 (46%) reagentes para Trypanossoma cruzi. 

Vale ressaltar que tais testes não são confirmatórios. As pessoas que tiveram os testes positivos foram convidadas a colher o sangue por punção venosa, para exames para confirmação, a serem realizados pelo Laboratório Estadual Central de Saúde Pública Giovanni Cysneiros (Lacen-GO), em colaboração com Laboratório de Chagas do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (UFG). 

Formação continuada. 

Liliane Siriano adiantou que, embora os resultados estejam sujeitos à confirmação, já está agendada uma reunião para discutir os desdobramentos do evento, nesta quinta-feira (10/11), às 16 horas, com a participação de profissionais e gestores do município de Posse e do Estado, da Fiocruz e também de representantes da Associação Goiana dos Portadores da Doença de Chagas. 

Há ainda a recomendação de tratamento para os portadores seguindo as orientações publicadas no PCDT (Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas) de Chagas. Foi orientado também que é de suma importância a realização de uma formação continuada curta para médicos e enfermeiros do município. 

Maria José Silva/Comunicação Setorial 

Foto: SES-GO

BLOG. FRANCISCO FIGUEIREDO

Muito Obrigado por sua visita! A internet é a mais fantástica invenção do homem nos últimos tempos. A liberdade de pensamento que ela nos oferece é de um poder fenomenal. E foi tentando otimizar este espaço privilegiado, que editamos este Blog. O intuito é publicar e discutir qualquer assunto que seja notícia ou de interesse público. Muito obrigado por sua visita e não esqueça de interagir conosco, escrevendo e opinando. REPÓRTER INVESTIGATIVO, DETETIVE PROFISSIONAL - EQUIPE CODI. COMUNICAÇÃO E MÍDIA.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Music