Bombeiros militares tocantinenses voltam para casa, após missão em Pernambuco

0 comentário As duas equipes de bombeiros militares tocantinenses que ajudavam nas buscas às vítimas dos soterramentos provocados pelas fortes chuvas na grande Recife (PE), já estão voltando para casa.
Com os trabalhos encerrados na última sexta-feira (3) após a localização do corpo da última vítima, uma mulher de 43 anos, na região de Camaragibe, os bombeiros iniciaram o retorno a Palmas. 

A missão em Pernambuco tinha o mesmo foco que aquela executada no início do ano, em Petrópolis – RJ, ou seja, com apoio dos cães, localizar as vítimas soterradas pelos escombros.

As chuvas caem fortemente, diariamente, na grande Recife, e, na área das buscas, onde 128 pessoas morreram e centenas estão desabrigadas. 

Por determinação do governador Wanderlei Barbosa, o Corpo de Bombeiros Militar enviou três militares com duas cadelas para o Recife. Todos eles, experientes neste tipo de trabalho.

Para a missão, o grupo é composto pelo subtenente Raphael Mollo, cinotécnico do CBMTO, e que atua com a cadela Sky, e o cabo Raphael Gusmão, que faz dupla com a cadela Dory. Para auxiliá-los, também está no time o 1º sargento Magno Valadares. 

Os bombeiros militares tocantinenses chegaram ao Recife na quarta-feira, 01, por volta das 16h. Imediatamente, se apresentaram ao Posto de Comando da Força-Tarefa e iniciaram as buscas no Bairro Curado. “As equipes de busca estavam bem cansadas e alguns cães machucados, por isso foi importante entrarmos em ação imediatamente”, relatou o subtenente Raphael Mollo.

A segunda missão da equipe tocantinense ocorreu no Setor Camaragibe. Começou ainda na quarta, e só terminou na quinta-feira, por volta das 3h da madrugada. “Estava muito úmido no local e a lama dificulta que o odor da vítima venha para a superfície, mas fizemos o melhor que pudemos com nossos trabalhos, nossa técnica e experiência”, relatou Mollo. 

No Setor Curado, o corpo foi encontrado por volta das 7h, pela equipe de escavação do Exército Brasileiro. “Foi numa área em que nós ajudamos a orientar, após análise da cinemática da situação, orientando no melhor caminho a ser feito e onde os pertences estavam sendo encontrados”, pontuou o subtenente. 

Em Camaragibe foi localizado o corpo da última vítima, onde os bombeiros militares tocantinenses com as cadelas Sky e Dory, operaram junto com as equipes dos CBMs do Goiás, Santa Catarina e Ceará. “Trabalhamos no local durante o dia todo”, informou Mollo.

Avanço das técnicas

Experiente e com certificação nacional em buscas de vítimas em áreas colapsadas, o subtenente Raphael Mollo avaliou que os Corpos de Bombeiros Militares brasileiros têm evoluído muito no que diz respeito à atuação em área com desastres. 

Ele argumenta que isso se deve à troca de informações entre as equipes de cães. “Essas equipes são fundamentais para o sucesso das operações de resgate em nível de desastre no que diz respeito a deslizamentos e estruturas colapsadas. 

O cão é uma peça fundamental para a localização das vítimas. Não vemos uma missão sem a atuação desses animais, por serem essenciais, indispensáveis para essa característica de desastre”, afirmou Raphael Mollo. 

Em três meses, que é o tempo entre as missões em Petrópolis e Pernambuco, Mollo destacou que “é possível notar evolução no acionamento das equipes de busca nacionais”. “O desastre ocorreu sábado, 27, e no mesmo dia, os CBMs de vários estados estavam sendo acionados”, destacou o subtenente.

Fonte: Blog. Dinomar Miranda.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=pfbid0qVLXTgmD4eaWqkGdY8WcCHeuR73uAS9KAHxSnrQXxPZGVaoxc62AiLG6GMADdpe5l&id=100044168242749

BLOG. FRANCISCO FIGUEIREDO

Muito Obrigado por sua visita! A internet é a mais fantástica invenção do homem nos últimos tempos. A liberdade de pensamento que ela nos oferece é de um poder fenomenal. E foi tentando otimizar este espaço privilegiado, que editamos este Blog. O intuito é publicar e discutir qualquer assunto que seja notícia ou de interesse público. Muito obrigado por sua visita e não esqueça de interagir conosco, escrevendo e opinando. REPÓRTER INVESTIGATIVO, DETETIVE PROFISSIONAL - EQUIPE CODI. COMUNICAÇÃO E MÍDIA.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Music