Polícia investiga estupro e morte de jovem com deficiência mental encontrada na zona rural de Alvorada do Norte.

Delegado disse que foi solicitada perícia para confirmar se moça de 18 anos foi estuprada antes da morte. Exame também foi identificar se autor usou pedaço de pau ou ferro para matar vítima a pancadas. 

Por Rafael Oliveira, g1 Goiás se
Delegacia de Alvorada do Norte, Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Civil


A Polícia Civil investiga a morte de uma jovem com deficiência mental encontrada na zona rural de Alvorada do Norte, no nordeste de Goiás. O delegado Alex Rodrigues disse que foi solicitada uma perícia para confirmar se moça, de 18 anos, sofreu violência sexual antes de ser morta.

O crime aconteceu no domingo (28), segundo o delegado. A investigação ainda não tem um suspeito, mas examina detalhes do crime para buscar pistas do autor.

Outro exame solicitado pela investigação visa foi identificar se autor usou pedaço de pau, pedras ou barra de ferro para matar a vítima a pancadas.

"A vítima foi morta com golpes de objeto contundente, somente após realização de perícia para podermos tentar identificar qual objeto foi utilizado", esclareceu o investigador.

Uma tia da jovem, que preferiu não se identificar, disse que a família ainda não tem suspeitas de quem cometeu o crime.

Fonte: G1

BLOG. FRANCISCO FIGUEIREDO

Muito Obrigado por sua visita! A internet é a mais fantástica invenção do homem nos últimos tempos. A liberdade de pensamento que ela nos oferece é de um poder fenomenal. E foi tentando otimizar este espaço privilegiado, que editamos este Blog. O intuito é publicar e discutir qualquer assunto que seja notícia ou de interesse público. Muito obrigado por sua visita e não esqueça de interagir conosco, escrevendo e opinando. REPÓRTER INVESTIGATIVO, DETETIVE PROFISSIONAL - EQUIPE CODI. COMUNICAÇÃO E MÍDIA.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Music